quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Happy 300 Days (Tw-Drama)

Annyo chingus hoje ao som de Sleep My Baby - Xie Wei Ling, venho resenhar Happy 300 Days um dorama taiwanês MAGNIFICO.
Título: Happy 300 Days
Também conhecido como: Yu Chian Hsing Fu 300 Tien
Gênero; Familiar, Comédia, Romance
Total de episódios: 15
Canal: TTV
Diretor: Zhang Jia Xian
Roteirista: Jian Qi Feng, Lin Xin Hui, Li Jie Yu

Sinopse:
Poderia haver uma fresta de esperança quando você descobre de repente que está grávida após romper com seu namorado? Chen Ya Ting (Chen Yi Rong) decide voltar para sua cidade natal para ter seu bebê quando ela descobre de sua condição inesperada. Lá, ela conhece três homens - Qi Tian (Kingone Wang), Zhang Yao Yang (Xie Kun Da) e Ding Hao Quan (Zhuang Kai Xun) - que também retornaram para a cidade para resolverem seus próprios problemas pessoais, e acabam por entrar em sua vida para ajudar. 
---VIKI---

Resenha:
Pensaram que iam ver a resenha de Squad 38?? Pois é pessoal ainda não consegui concluir o drama e ainda tem o final de Wanted batendo na minha porta e ao invés de colocar todos os doramas em dia a blogueira que vos fala resolve assistir um dorama que nem desse ano é *risos*. Happy 300 Days foi aquele achado no Viki do nada, sabem? Mas também foi aquela paixão a primeira vista, assisti esse drama em dois dias, sem pausa, coisa que eu não faço desde Jang Bo Ri is Here, um drama fantástico que se assemelhou em alguns pontos com esse... Aí pessoal é muito melhor eu parar de enrolar e começar essa resenha logo porque ainda estou com aquele gostinho de quero mais. Come on chingus!
Chen Ya Ting é a nossa protagonista, como a própria sinopse conta, Ya Ting descobre já nos primeiros segundos do dorama que está grávida, mas o problema maior não era esse, era que não fazia muito tempo que ela havia terminado o relacionamento com o pai da criança. E assim a nossa mocinha começa a cogitar em abortar, por vários fatores, ela era uma mãe solteira e não sabia se poderia cuidar de uma criança devidamente. Porém felizmente Ya Ting resolve assumir essa responsabilidade e assim ter a sua "Pequena Felicidade" e acaba voltando à sua cidade natal para a casa da sua mãe, que não tinha noção que sua filha estava grávida.
Uma coisa que eu achei muito interessante nessa personagem é que ela não faz aquele esteriótipo "coitadinha", mesmo com todo o peso da maternidade sobre os seus ombros, ela se manteve forte e lutava com todas as suas forças para cuidar do seu bebê. Esse foi o fator de me fazer amar mais e mais a Ya Ting. Fora que ela tinha uma veia cômica que era demais, mais um ponto que só me fez surtar ainda mais por Happy 300 Days.
Qi Tian é o nosso protagonista, ele é design de interiores muito reconhecido no mercado, mas tem uma personalidade um tanto quanto diferente. Nas primeiras cenas do personagem somos apresentados à um Qi Tian que se acha superior em tudo e é muito confiante em si mesmo, o que o leva a ser demitido, pois ele se considerava um artista e não trabalhava para o dinheiro. Até que Xiu Zhi, a mãe da nossa mocinha, resolve fazer uma reforma em sua pousada e contrata ele para tal trabalho, mas mal sabia nosso mocinho que iria encontrar sua antiga paixão de colegial Ya Ting.
Vocês devem estar pensando que o Qi Tian é aquele tipico mocinho "babaca" que vemos a cada esquina, mas não. Aquela primeira impressão que temos dele no começo cai por terra, afinal ele se mostra um personagem bem cômico também, tanto que quando ele vê a Ya Ting, ele não se lembra dela e vai passar umas cantadas marotas nela *risos*. Mas a melhor fase desse personagem não é essa mais divertida, mas sim o lado paternal, Qi Tian tem muitas cicatrizes em seu coração e vê na nossa mocinha a chance de tentar amenizar essas feridas.
Zhang Yao Yang é o nosso second lead, ele é um gangster que acha que matou uma pessoa e assim foge para o interior, mais especificamente para a pousada da mãe da nossa mocinha. Ele se apaixona a primeira vista pela doce Ya Ting, que mesmo grávida, fez seu coração disparar e não desistir de conquista-la. Dos três Yao Yang é o mais corajoso e o que se declara mais rápido à nossa protagonista. Por vezes eu sentia uma certa antipatia por ele ser tão insistente, mas nada muito forte, afinal ele era uma graça *risos*, sempre dando o seu melhor.
Ding Hao Quan é o nosso third lead, *risos* acabei de inventar, ele é um médico que foi salvo pela nossa mocinha enquanto tentava se suicidar. Ding Ding tem uma trauma muito profundo que o fez se tornar alcoólatra e suicida. Sem o desejo de viver ele tenta mais uma vez e é salvo pelo nosso protagonista e é levado à pousada também. E assim começa a jornada dos três homens para ajudar a Ya Ting na sua maternidade.
O romance foi uma coisa muito fofa, sério uma das coisa que me prenderam de verdade era a semelhança que eu conseguia ver entre os protagonista em outros personagens de doramas que eu amei e surtei. Ver como o Qi Tian começa a tentar curar as suas feridas e a Ya Ting se entregando à um novo amor, foi impagável. Apesar de não ter rolado muito beijo eu sentia a química entre eles, como mesmo eles sendo um casal de contrato um cuidava do outro inconscientemente. Não teve como não amar tudo com esses dois.
O trio masculino foi uma das melhores coisas do enredo, como ambos se envolveram com a nossa mocinha e como eles desenvolveram sentimentos por ela. E o melhor deles não foi isso, mas sim a amizade que eles criaram entre si, uma amizade infantil, porém sempre que um precisava de um "sacode" os outros estavam ali para ajudar. Por mais amizades assim que me façam chorar quando necessário, mas que me façam rir também.
Vamos à algumas comparações, o maior fator do meu "crush" por Happy 300 Days foi a semelhança em certos pontos com os doramas Jang Bo Ri is Here e Hoo Goo's Love, dramas que estão em meu coração até hoje. E eu repito em alguns pontos. O enredo de Happy 300 Days é bem único trazendo um carrossel de emoções a cada episódio, ele misturou de uma forma magnifica a comédia, romance e o drama. Confesso que eu chorava sorrindo em certas cenas, não sei se foi a minha sensibilidade repentina desses dias, mas eu chorei e chorei de soluçar *risos*. O final desse drama posso dizer que seguiu aquele clichê básico de separação, mas a volta foi a coisa mais linda, e eu não estou me referindo da volta do casal, mas sim da pai e filha *suspiro*. É isso pessoal não consigo mais expressar a minha relação em palavras *risos*.
As minhas duas OST' preferidas desse dorama MARAVILHOSO:
1. Sleep My Baby - Xie Wei Ling
2. In Happiness - Qiao Yu Ming;
O dorama tem online no Viki.
Espero que tenham curtido esse post e até a próxima meus amores...Beijinhos!

Leia também!

Happy 300 Days (Tw-Drama)
4/ 5
Oleh

3 comentários

Tulis comentários
avatar
terça-feira, abril 04, 2017

Obrigada pela indicação desse drama, pois do primeiro a o último capitulo foi realmente incrível. Foi um dos mais doces e sensíveis doramas que já assiste. Valeu.

Reply
avatar
quinta-feira, setembro 28, 2017

Aonde vc viu ele??? to desesperada atras desse dorama n acho em lugar algum, tem na viki mas ta que n é permitida na minha area. pd me passar o link de onde vc viu ele? pfvvv

Reply
avatar
quinta-feira, setembro 28, 2017

o que vc fez pra conseguir ver ele na viki?

Reply