sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Love at Seventeen (Tw-Drama)

Annyo chingus hoje ao som de My Only Love - Alan Ko feat. Min Chen, venho resenhar um clichê Taiwanês mega gostosinho de se acompanhar, vamos à resenha de Love at Seventeen.


Título: Love at Seventeen
Também conhecido como: Wo He Wo De Shi Qi Sui
Gênero; Romance
Total de episódios: 15
Canal: TTV
Diretor: Jou Shiau Peng

Sinopse:
Se você tivesse uma segunda chance para corrigir o maior erro da sua vida, você aceitaria? Alice (Nikki Hsieh) é um fria mulher de 30 anos de idade que vive a sua vida monótona como um robô programado para fazer as mesmas coisas todos os dias. Mas sua vida chata muda quando ela acorda um dia e descobre que voltou para os seus 17 anos de idade! De volta à escola no dia de uma importante competição de natação para sua melhor amiga, Shu Lei (Amanda Chou), Alice literalmente depara-se com o temperamental He Hao Yi (Lego Li), que acabou de ser transferido para sua escola. Hao Yi confunde Alice com sua irmã gêmea separada há muito tempo, e por causa de um rancor contra ela e sua mãe, Hao Yi decide atormentar Alice o tempo todo. Enquanto isso, Han Ming (Edison Wang) é um estudante nerd que há muito tempo tem nutrido uma paixão secreta por Shu Lei. Depois de alguns contratempos, Hao Yi percebe que Alice não é sua irmã, mas Alice aproveitará essa oportunidade para ela corrigir seu maior erro com seu primeiro amor e mudar o destino do seu próprio futuro?
---VIKI---


Resenha:
Então pessoal, esse ano eu estou bem focada em dramas Taiwaneses, não sei ao certo porque *risos*, mas esse ano eu assisti o suficiente até agora, para alguns entrarem na minha lista de final de ano *risos*. Love at seventeen foi um drama que me conquistou de um jeito bem fofinho, ele não é drama muito complicado, tem um clichê gostoso, daqueles que a gente sente-se satisfeita apenas de assistir um episódio por semana, até porque por ser igual a muitos por aí, não iria viciar alguém ao ponto de faze-lo encarar uma maratona. Vamos à resenha desse fofinho, come on chingus...
O interessante de Love at seventeen é as duas fases do dorama, ele começa nos apresentando a nossa protagonista Alice, uma garota alegre, cheia de vida, que só pensa no bem estar do próximo e por muitas vezes negligenciando a si mesma. Toda inocente quando jovem ela tinha duas melhores amigas, que por motivos fúteis começam a ignora-la, sim eu achei MEGA fútil o motivo, assim Alice entra em um tipo de mundo único e exclusivo dela. Ela se tornar uma mulher fria e acaba com todos os sentimentos existentes dentro dela, ao ponto dos seus colegas de trabalho chamarem ela de máquina, por seguir sempre o mesmo cronograma todo dia e nunca se atrasar.
He Hao Yi, é o nosso protagonista, primeiro ele é apresentado como um jovem rancoroso que só pensava em uma maneira de infernizar a vida da sua irmã gêmea, depois que Hao Yi descobre toda a verdade por trás da separação de seus pais, vemos a verdadeira face dele. Nosso mocinho é um jovem mega fofo e doce, se revelando aquele protagonista que eu amo de cara, porém na quebra da primeira para segunda parte, eu confesso achei o Hao Yi o maior babaca da história, tudo bem que na segunda fase ele tenta reparar os erros de todos no passado. Mas eu não conseguia mais ver ele como o personagem fofinho que havia me cativado, ele não era de todo ruim, mas também não era o "Príncipe encantado".
Ba Shu Lei, era a amiga de infância de Alice, aquela que eu mencionei no começo. Ela era considerada a garota mais linda de toda a escola, além de ser uma excelente nadadora, por isso recebeu o título de "Rainha". Por ser considerada autoridade entre as garotas na escola onde estudou, foi fácil isolar a nossa protagonista. Lei Lei cresce e acaba indo trabalhar no mesmo local onde Alice também trabalha, o que para a nossa mocinha não era nada confortável ter que continuar a ver a sua antiga amiga que se achava no direito de continuar a criticar Alice. 
Ha Ming ou Peter, foi a única pessoa que se manteve ao lado de Alice em seus momentos mais difíceis. Até porque ele sentia que tudo que aconteceu na vida da nossa protagonista foi e ainda continuava sendo culpa dele. Eu acho que fui MUITO lenta com relação à esse personagem, fui perceber que o Peter era o second lead, lá pro final do dorama *risos*. Sério na minha visão ele ainda era super apaixonado pela Lei Lei, mas fui enganada *risos*. #IssoQueÉNãoSerÓbvio #PeterSeuLindo
Liu Xiao Fen é a irmã gêmea do nosso protagonista e a personagem mais apagadinha do dorama, sempre vivendo na sombra da sua amiga Lei Lei, não conseguia tomar decisões por si mesma e sempre ia pela vontade dos outros. Eu desejei mesmo por mais cenas com a Xiao Fen, até porque ela tinha um feeling legalzinho, que dava pra acompanhar, diferente da "Rainha Lei Lei".
O romance foi uma coisa muito fofinha da primeira parte, aquela história de jovens se apaixonando e não conseguindo declarar os seus sentimentos *ownt*, sempre funciona comigo *risos*. Mas posso confessar que o romance do casal na segunda parte foi mais estranho sabe... A Alice tinha um trauma enorme a ser curado e o Hao Yi apenas continuava a perseguir ela, tudo bem que ele não sabia da missa a metade, mas não era motivo pra ele continuar a persegui-la. O Hao Yi até ficou bem mal no final quando descobriu tudo e resolveu corrigir os erros do passado, mas já sabemos né ia demorar a "apagar" o que a Alice sofreu. 
Então resumindo Love at Seventeen é um romance cheio de clichê, nada muito impactante, mas que é bem gostosinho de acompanhar. Com personagens bem surpreendentes e atuações até que muito boas. O final foi um carrossel de emoções, tirando sorrisos, lágrimas e sorrisos novamente, mas felizmente temos o famoso "Happy Ending", nos deixando satisfeitos e agradecendo pelo enredo cheio de emoções *risos*.
As OST's de dramas taiwaneses normalmente são as melhores, eu nunca esqueço delas >w<, vamos às duas musas de Love at Seventeen.
1. My Only Love - Alan Ko feat. Min Chen;
O dorama tem online no Viki.
Espero que tenham curtido a resenha a até um próximo post chingus.

Leia também!

Love at Seventeen (Tw-Drama)
4/ 5
Oleh

2 comentários

Tulis comentários
avatar
Anônimo
segunda-feira, agosto 15, 2016

Ba Shu Lei não me desceu desde o começo,nossa eu realmente não gostei dela kk,mais ao todo é legal !

Leitora fiel.

Reply
avatar
segunda-feira, agosto 15, 2016

Oi!
Dessa vez, infelizmente (ou felizmente?) esse dorama não vai entrar pra lista. Ultimamente não estou tendo tempo pra ver muitos dramas, inclusive estou atrasada em alguns episódios de Doctors e ainda tenho mais um drama pra finalizar. Não curti o enredo desse, clichê demais até pra um dorama.
PS: Que poster horrivel esse drama tem! Já foi algo que me deixou atenta a resenha, mesmo se eu não tivesse lido, eu já não colocaria na lista só por esse poster. Pelo menos minha lista não vai ficar tãaao mais grande do que já está né rsrsrs

Beijos!

Reply