domingo, 16 de outubro de 2016

Squad 38 aka. 38 Task Force (K-Drama)

Annyo chingus hoje ao som de Run - Sunyoul, Jinhoo, Bit-to (UP10TION), venho resenhar Squad 38 um dorama flopinho, mas que hitou no meu coração.

Título: Squad 38
Também conhecido como: 38 Task Force / Police Unit 38 / 38 Revenue Collection Unit
Gênero: Crime, Comédia
Total de episódios: 16
Canal: OCN
Diretor: Kim Jung Min
Roteirista: Han Jung Hoon

Sinopse:
Baek Sung Il (Ma Dong Seok) é um funcionário público que trabalha como chefe da Divisão 3 no Serviço Tributário Nacional e que está farto de os cidadãos mais ricos escaparem da aplicação do Artigo 38, relativo ao pagamento de impostos. Pressionado pelos seus superiores para aumentar a arrecadação de impostos de sua divisão, Sung Il tenta ir atrás do maior sonegador do país, Ma Jin Seok (Oh Dae Hwan), um desonesto empresário que deve ao país cerca de $50 milhões em impostos atrasados. Mas quando Sung Il e Chun Sung Hee (Sooyoung), seu fiel subordinado, são humilhados por Jin Seok e ameaçados com sanções disciplinares, ele percebe que precisa de ajuda para pegar o corrupto empresário. Por isso, aceita a ajuda Yang Jung Do (Seo In Guk), um golpista profissional, para capturá-lo jogando pelas mesmas regras. Jung Do monta sua própria equipe de ladrões profissionais — o especialista em voice phishing Jang Hak Joo (Heo Jae Ho), o especialista em computadores Jung Ja Wang (Ko Kyu Pil), a bela vigarista Jo Mi Joo (Lee Sun Bin), a fria empresária Noh Bang Sil (Song Ok Sook) e sua filha, Choi Ji Yeon (Kim Joo Ri).
---VIKI---


Resenha:
Demorei mais do que esperado para resenhar esse drama, mas me perdoem estou dando duro aqui para o vestibular *risos*. Então eu não estou me recordando muito bem como cheguei nesse drama, só sei que foi paixão a primeiro episódio *risos*, Squad 38 tem uma temática bem complexa e bem politica, por isso lá no Face recomendei esse drama para quem realmente gosta desse gênero, porque apesar de ter a minha linda Sooyoung e o MARAVILHOSO Seo In Guk, não valeria de nada se a pessoa odiasse temas políticos *risos*. Vamos à resenha porque eu necessito comentar esse draminha que me conquistou demais, come on chingus!
Baek Sung Il é um funcionário público, mais especificamente ele trabalha na coleta de impostos de pessoas que estão com seu nominho "sujo na praça". Esse ajhussi fica indignado como alguns de seus colegas de trabalho não davam a minima para os impostos atrasados de vários ricaços que insistiam em tentar comprar as pessoas ao invés de pagar tudo devidamente. Depois de ser humilhado em frente a sua filha, Sung Il resolve tomar uma decisão, usar o vigarista Jung Do para conseguir os atrasos desses devedores. E assim eles começam a aplicar vários golpes para extrair dinheiro dessas pessoas que se achavam acima da lei.
Yang Jung Do é o nosso vigarista, começamos o drama com ele saindo da prisão e logo após isso já está aplicando alguns golpes. Tudo isso a mando de um velho conhecido seu na prisão que estava ansiando por uma vingança. Jung Do por acidente acaba se envolvendo com o nosso ajhussi Sung Il e assim oferece a proposta de ajuda-lo a recolher os impostos, então o charlatão resolve montar uma equipe apenas para dar golpes. E assim começa a busca pelas "fraquezas" desses cidadãos devedores.
Chun Sung Hee é uma moça que trabalha juntamente com o nosso ajhussi na divisão de cobrança de impostos. Ela foi enganada uma vez então estudou muito para se tornar uma funcionária pública e tentar combater esses golpes, Sung Hee descobre o que seu chefe anda tramando e com quem ele anda se encontrando. Então resolve alerta-lo que o que ele estava fazendo era errado e poderia dar algum tipo de problema, afinal a moça já conhecia Jung Do de outros tempos.
Jang Hak Joo é um gangster especialista em voice phishin, um tipo de mensagem de celular que dava para ser utilizado em pequenos golpes. Jung Ja Wang era um especialista em computadores, então a parte de informática e falsificação ficava por conta dele.
Jo Mi Joo era uma velha amiga de Jung Do e era uma vigarista também. Utilizava da sua beleza para seduzir homens e arrancar dinheiro deles. Mas a moça não era apenas bonita, Min Joo era muito inteligente, tanto que ela era a mais propensa a se infiltrar em companhias e conseguir informações. Ela foi uma das minhas personagens preferidas depois da MARAVILHOSA Ji Yeon.
Noh Bang Sil é uma ajhuma muito rica que entra no esquema para fornecer a parte financeira. De início ela acha uma perda de tempo se envolver com o grupo, mas depois de várias investidas do nosso vigarista Jung Do ela acaba por ceder e assim ajudar e muito nos golpes.
Choi Ji Yeon era a filha de Bang Sil, apesar de viver sempre calada e quase nunca esboçar um sorriso conseguiu me conquistar. Eu tenho um enorme tombo por personagens caladões, sério não consigo me conter e essa mulher é tão linda... AHHHHH quero ela em doramas futuros #Xonei #MeBeijaSuaLinda #Crush *risos*.
O enredo como expliquei na intro é uma coisa bem politica, aquele tipo que para alguns é mega chato, mas Squad 38 não foca apenas nessa corrupção horrível e descarada, tem um lado mais cômico, tanto que foi isso que me incentivou a continuar a assistir. Levando até um pouco de um romance passado entre Jung Do e a Sung Hee, nada muito forte viu pessoal. Já o final foi bem satisfatório com a "cor" do dorama, nada que eu já não estava esperando.
Esse drama tem apenas duas OST's, são elas:
1. Run - Sunyoul, Jinhoo, Bit-to (UP10TION)
2. Cool - Key (SHINee) feat. Do Young (NCT)
O dorama tem online no Viki, mas precisa da extensão VPN - Hola para a troca de IP.
Espero que tenham curtido e até a próxima resenha chingus, beijinhos!!

Leia também!

Squad 38 aka. 38 Task Force (K-Drama)
4/ 5
Oleh

1 comentários:

Tulis comentários
avatar
domingo, outubro 16, 2016

um dos melhores que vi até hj, fiquei muito surpreso com esse drama, estava com receio de ver ele, mas assim que vi o primeiro, ja estava viciado!

Reply